dandirevoltado

Tuesday, May 02, 2006

Os últimos serão os primeiros


No ano de 1307 o poeta italiano Dante Alighieri começou a escrever um dos maiores clássicos da literatura mundial. Estou falando da "DIVINA COMÉDIA", um poema longo feito em versos decassílabos e dividido em 3 partes, ideal para quem já passou da fase de ler "Turma da Mônica", mas não vê nada de interessante no Paulo Coelho.
Na primeira parte o poeta fala da sua viagem pelo inferno, na segunda parte ele descreve o purgatório e na terceira, o paraíso.
O inferno de Dante é descrito como um lugar de profunda dor e sofrimento, lá os pecadores são submetidos aos mais horrendos suplícios em cenas demasiadamente grotescas, se Dante achava que o inferno era tão desagradável assim, é porque ele nunca teve que enfrentar uma fila de banco. Convenhamos, o inferno de Dante comparado a uma fila de banco fica parecendo a Disneylândia. Só em pensar que você vai enfrentar uma fila de banco já dá vontade de sair correndo igual ao diabo fugindo da cruz ou igual a eu fugindo de um show de hip hop.
Dante no inferno era feliz e não sabia, pois lá ele conversou com pessoas legais, como o poeta Virgílio, aquele mesmo que escreveu o clássico "ENEIDA". Vale lembrar também que Dante encontrou alguns seres da mitologia grega e alguns guerreiros medievais, ou seja, o inferno é o local ideal para você brincar de "Senhor dos Anéis" ou até mesmo para gravar um clipe com a sua banda de heavy metal melódico. Já na fila de banco você entende de uma vez por todas o siginificado do termo "o tempo é relativo", pois toda vez que você olha o relógio parece que os números não andam, ou pior, parece que ninguém anda.
Em uma fila de banco tudo pode acontecer, você pode ter vontade de ir ao banheiro, encontrar uma ex-namorada, ficar no meio de duas pessoas que conversam sobre o "Big Brother", peidar e saber que o cheiro se espalhou e você não vai conseguir disfarçar.
A fila de banco é um sofrimento eterno com direito a choro e a ranger de dentes, pois quando finalmente você é o primeiro, você lembra que no mês que vem tem que enfrentar tudo novamente.

Dante era feliz, em uma época em que o capitalismo estava nascendo e ninguém imaginava em entrar em uma fila de banco.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home