dandirevoltado

Saturday, September 23, 2006

Nada

Tudo

Monday, July 31, 2006

Manifesto Poesia Sofia

Esse texto é melhor visualizado por aqueles que às vezes param para pensar (e depois pensam sem parar)

Alguns terráqueos vertebrados dotados de massa encefálica e que possuem um apêndice tão inútil quanto teta de homem acreditam que a atividade filosófica é uma ação exclusivamente racional, cujo único objetivo é uma análise sistemática da realidade. Sendo assim, os filósofos são vistos como criaturas isoladas que possuem alto grau de miopia, usam palavras obscuras e complexas e não transam com ninguém. Essa generalização, como a maioria das generalizações é um estereótipo, uma visão deturpada e equivocada, pois ela não revela a motivação mais importante do filósofo, a sua admiração pelos grandes mistérios do universo.
Os filósofos apreciam a poesia, a música, a arte em sua plenitude. Nem todos os filósofos usam óculos fundos de garrafa, nem todos os filósofos jogam RPG e sim, os filósofos também se reproduzem.
Vamos ser poetas, vamos amar a sabedoria, vamos criar a destruição e destruir a criação, vamos ser tudo, ser todos, vamos ser o mundo, vamos ser todo o mundo, vamos fazer prosa e verso, vamos celebrar o universo e principalmente, vamos rir de tudo isso.

Tuesday, July 11, 2006

Xamanismo

Dizem que o xamanismo surgiu quando o ser humano ainda morava em cavernas e nem imaginava que um dia iria inventar o telefone celular. Mas, afinal, quem é o xamã? Será que ele é um pássaro? Um avião? O Super Man? Claro que não, o xamã nada mais é que o sacerdote, o vidente e o médico de uma tribo. Uma das principais funções do xamã é a de ser o curador, através de seus dons especiais ele possui o poder de curar os doentes através de rituais. Como você pode ver, o xamã é muito poderoso e grandes poderes trazem grandes responsabilidades, sendo assim o xamã também exerce o papel de vidente, alertando a comunidade de possíveis ameaças. Além disso, ele localiza seres humanos e animais perdidos, prevê mudanças no clima e aponta o lugar ideal para caçar, mas mesmo assim, ele não chega a ser um X-Men.

Transe Xamânico
O transe Xamânico consiste em soltar a consciência do corpo e viajar além do mundo material chegando a planos espirituais onde nenhum homem jamais foi (inclusive a nave enterprise). Lá, o xamã busca a cura e as informações de que a tribo precisa, ou seja, o xamã é o "e-mail" entre os seres humanos, a natureza e os mundos invisíveis.
Plantas Visionárias
Os rituais xamânicos são realizados com o auxílio de plantas com poderes alucinógenos. Através desse artifício, os xamãs conversam com entidades fora do nosso mundo sensorial, tais entidades podem ser espíritos em forma de animais, antigos ancestrais, divindades celestiais, Elvis Presley e etc. Essas plantas dão ao xamã visão além do alcance.
O xamã se utiliza também da música para entrar em transe e se comunicar com forças sobrenaturais. O tambor é um dos principias instrumentos utilizados nos rituais, dependendo do caso, alguns discos do Pink Floyd também podem ser bem-vindos devido ao alto teor psicodélico das músicas. OBS: Devem-se evitar a todo custo CDs do Metallica, pois a mente do xamã deve estar livre de toda impureza humana.

Segundo alguns estudiosos, todas as religiões clássicas são derivadas do xamanismo. De acordo com os xamãs, tudo no mundo tem espírito, não só nesse mundo, mas também nos "mundos invisíveis". Outro elemento que identifica o xamã, seja onde for, é sua relação com os animais. A maioria dos espíritos que protegem e orientam o xamã possuem a forma de um animal, pode ser uma águia (muito comum entre os índios norte-americanos), uma onça (muito comum entre os índios da Amazõnia) e um veado (muito comum entre os integrantes de "boy-band").
Estudiosos concordam que essa simbiose homem-animal está documentada no desenho em cavernas pré-históricas - nessas gravuras você encontra seres metade homem, metade bicho, metade mulher e metade Renato Russo e Clodovil.
Até hoje o mundo deseja descobrir os grandes segredos xamânicos, os mistérios de uma crença que nasceu junto com a humanidade.

Friday, July 07, 2006

Conspiração com inspiração

Existem algumas pessoas que afirmam categoricamente que um bando de répteis alienígenas estão infiltrados na Terra disfarçados de seres humanos. Qual será o objetivo desses répteis aqui na Terra? Com certeza eles estão aqui não é por causa do clima, nem das praias, do sexo, drogas, rock and roll (se é que esse último ainda existe). Segundos os teóricos da conspiração eles estão aqui para escravizar os seres humanos.
Não é querer ser chato, mas eu acho que isso é pura implicância com os répteis, eu concordo que eles sejam animais escamosos, grudentos, nojentos, peçonhentos e outros adjetivos nada agradáveis terminados em "ento". Confesso também que as cobras, lagartos e demais congêneres não são os melhores amigos do homem, mas só por causa disso não é justo dizer que alienígenas "reptilianos" pretendem dominar a raça humana.
Os répteis apenas pertencem a classe dos vertebrados que se situam na escala zoológica entre os anfíbios e as aves e cuja a principal característica, como indica o nome (derivado do latim "reptilis" que significa "que se arrasta") é a de se locomoverem se arrastando. Os répteis são seres legais, antes do aparecimento deles o processo evolutivo culminava com os anfíbios, que se dividiam entre o meio aquático e terrestre. Não demorou muito para que os répteis aparecessem no nosso amado planeta rastejando e cantando e seguindo a canção. O esqueleto ossificou-se e o tegumento adaptou-se à vida ao ar seco, tornando-se córneo, esse processo culminou na Era Mesozóica, também chamada "Idade dos Répteis".
Os répteis atuais são de tamanho relativamente pequeno. Os maiores são os crocodilos, que chegam medir até 8m de comprimento e às vezes mais. A classe desses amiguinhos rastejantes abrange as ordens dos quelônios, escamados e rincocéfalos.
As pessoas que dizem que existem alienígenas répteis querendo dominar a Terra devem entender que Arquivo X, Lost e outros seriados são pura ficção, qualquer semelhança com a vida real é pura inveja dos répteis, esses adoráveis animaizinhos que na era jurássica já dominavam esse planeta chamado Terrra
Alguns Répteis Alienígenas disfarçados de Humanos
- Leonardo Da Vinci, Michelangelo, Donatello, Rafael: Eram quatro tartarugas que dominavam técnicas orientais de combate corpo a corpo.
- Seleção Brasileira: São répteis que ficam se arrastando em campo.
- Jim Morrison: Ele auto se proclamava o "Rei Lagarto".
-Integrantes da ONU: Eles estão rastejando, cagando e andando para os problemas do mundo.
-Integrantes da Novela "Cobras e Lagartos": A novela mais gosmenta da Globo
.

Mestre Zen Noção é guitarrista da banda Ordem Caótica da Organização Desordenada e garante que apesar de ficar "lagarteando" no sol, não é um Réptil.

Saturday, July 01, 2006

Uma caixinha de surpresas

Em 1998 depois de Cristo, a seleção brasileira perdeu o jogo final da copa para a seleção francesa. Em 2006, século XXI depois de Cristo e depois dos atentados do 11 de setembro, a seleção brasileira é derrotada novamente pela França.
Em 1998, como o Brasil (a pátria de chuteiras) não admitiu perder logo na partida final, surgiram tantas teorias conspiratórias e fantasiosas para explicar o fracasso da seleção, que essas teorias fariam parte de um enredo de qualquer episódio do Arquivo X. Agora em 2006 a história se repete, o terreno é fértil para o surgimento de inúmeras teorias de conspiração que justifiquem a atuação risível e pífia da seleção brasileira. Uma teoria que eu acharia legal que alguém falasse por aí é sobre colocar a culpa nos Illuminati. Para quem não sabe o Illuminati é uma seita secreta que surgiu na Baviera, Alemanha (sede da copa), no ano de 1776. O Illuminati foi fundado por Adam Weishaupt. Seu nome original era “Antigos Iluminados Videntes da Baviera”, mas ficou conhecida apenas como os Illuminati, que significa “Os Iluminados”. Os Iluminados estão freqüentemente associados aos movimentos conspiratórios revolucionários e com a idéia de um grande poder que busca dominar o mundo. Weishaupt, o fundador da seita, era iniciado no Islamismo e usuário da droga Haxixe (palavra que deu origem ao termo assassino em português, porque os fumantes de haxixe ficavam em transe e cometiam crimes de morte sob o efeito da droga). Weishaupt pretendia promover um caos controlado, necessário as mudanças que queria realizar. O Reino do Terror que sobreveio a França após a Revolução Francesa de 1789 foi resultado das idéias e ações de Weishaupt. A Revolução Francesa foi um apenas um balão de ensaio, uma experiência do caos induzido e controlado, promovida pelos Illuminati, cuja sede de poder não tem limite (por enquanto).
A teoria seria o seguinte: os Illuminati desejam controlar a humanidade através de uma “Nova Ordem Mundial”, como o futebol é um esporte que seduz os mais variados tipos de etnias, desde brancos e negros, gregos e troianos, gaúchos e gaúchas de todas as querências, nada melhor que transformar a França como uma potência futebolística fazendo o Brasil “entregar o jogo”, isso mesmo, pois após assistir a péssima atuação do futebol brasileiro, a única explicação é que uma poderosa organização secreta estaria controlando a mente dos atletas da seleção brasileira, inclusive essa seita (Os Illuminati) estariam fazendo Ronaldo romper o casamento com a Daniela Cicarelli e colocando algo na comida dele, tudo isso para tornar o fenômeno um jogador “de peso”.
O que acharam dessa teoria? Eu acho mais legal colocar a culpa nos Illuminati do que inventar que alguém teve convulsão na véspera da partida.

Luz, Câmera, Platão

Você já ouviu falar em Platão? Bem, é lógico que você já ouviu esse nome nas aulas de filosofia do 2ª grau, mas é claro que você nem deu bola, pois com certeza você aproveitava as aulas de filosofia para dormir ou fazer os trabalhos de química que não fez em casa. Platão foi um filósofo que viveu durante o período de declínio de Atenas e ascensão da Macedônia. Ele foi aluno de Sócrates, viajou à Sicília e provavelmente ao Egito, onde conheceu Pitágoras (isso mesmo, aquele teorema que você usava nas provas de matemática é culpa desse cara).
Platão escreveu um livro que foi muito importante para a filosofia ocidental, esse livro é “A República”, além de falar sobre política, esse livro trás a famosa alegoria da “Caverna”.
Nesse famoso mito, Platão relata a história de um grupo de pessoas que viviam acorrentadas admirando eternamente a parede nos fundos de uma caverna, entre a parede e essas pessoas havia apenas uma fogueira que projetava a sombra desses indivíduos na parede. Para essas pessoas que viveram o tempo inteiro naquela caverna, as sombras refletidas na parede eram a realidade. De acordo com o mito da caverna, uma das pessoas que estava acorrentada consegue fugir para fora da caverna e enxergar o mundo sem sombras, ao descobrir que existe uma outra “realidade” longe das sombras, essa pessoa volta para a caverna avisar seus amigos, mas infelizmente, eles não acreditam nela.
Platão, com essa metáfora falando sobre cavernas, escuridão e pseudo-realidades, foi um profeta, pois ele mostrou como funcionaria o cinema, essa máquina de entretenimento que foi inventada no final do século XVIII pelos dois irmãos franceses, os Lumiere. O cinema nada mais é que um bando de pessoas olhando para imagens em movimento em uma parede branca. A “caverna” de Platão diz para todos nós o que o Arquivo X já dizia faz tempo: “A verdade está lá fora”, ou seja, fora do mundo escuro e ilusório da caverna. Platão só não inventou a pipoca.
Por isso toda vez que você assistir a algum filme do Quentin Tarantino, lembre-se: a culpa é toda do Platão.

Wednesday, June 28, 2006

Inquisição - O Império contra-ataca

A "Santa Inquisição" da Idade Média tinha boas intenções, mas como diz aquele dito popular "de boa intenção o inferno está cheio", pois de santa a Inquisição não tinha nada.
Surgida na Europa da Idade Média, a Inquisição foi reativiada durante o século XV pela contra-reforma, ou seja, a Igreja Católica Apostólica Romana estava perdendo terreno e fiéis para a Reforma Protestante iniciada pelo Martinho Lutero na Alemanha, e assim teve que contra atacar usando a Inquisição.
Os tribunais inquisitores não perdoavam ninguém, o alvo da fúria cristã eram aqueles que não obedeciam aos padrões comportamentais da época, ou seja, judeus, "bruxas", cientistas e qualquer ser que tivesse senso crítico e usasse um pouquinho do cérebro.
Alguns padres que eram cristão sinceros e não aceitavam aquela atrocidade eram censurados ou literalmente eram jogados na fogueira.
A Inquisição foi uma máquina de exterminar tão eficiente quanto qualquer andróide vindo do futuro programado para matar John Connor. A inquisição aplicava torturas e suplícios tão cruéis e desumanos que fazia qualquer um contar em questões de segundos que mantinha relações sexuais com satanás, belzebu, capeta, Michael Jackson e seja lá mais quem for. O pobre infeliz era então entregue ao "braço secular", em outras palavras, ao carrasco, que nada mais era que um funcionário público eficiente. No auto da fé, o indivíduo era queimado em praça pública para todo mundo ver, infelizmente naquela época ainda não existiam emissoras de TV para transmitir o espetáculo ao vivo e render bons índices de audiência.
Só na Espanha a Inquisição matou mais gente que na guerra do Vietnã e nos filmes do Quentin Tarantino. O mais famoso inquisidor foi o terrível padre Torquemada (1420-1498), a crueldade desse cara provocaram a fuga de milhares de muçulmanos e judeus. A fuga dos Judeus da Espanha fez com que esse país perdesse importantes artesãos, intelectuais e burgueses, causando assim, uma estagmação na economia espanhola. Como você pode ver, a Inquisição literalmente "queimou" o filme da Espanha.

Saturday, June 10, 2006

A volta do eterno retorno que nunca regressou


Friedrich Nietzsche foi um foi maiores filósofos do século XIX e como se não bastasse, ele também foi um dos que teve o maior bigode do século XIX, mas como Nietzsche não fazia questão de ser mais um rosto bonitinho vagando na crosta terrestre, o tamanho do bigode dele não importava, o que realmente importava é o que o seu pensamento significou para o século XIX, e com certeza, para o século XX, para o XXI e para os outros que virão.
Até a sua morte em 1900, Friedrich Wilhelm Nietzsche lutou bravamente por suas idéias, sua arma principal era a sua mente.
NÃO, a mente dele não possuía poderes extra-humanos iguais a dos X-MEN, na verdade, a mente dele emanava brilhantes textos filosóficos, poemas e aforismos com um conteúdo altamente crítico e questionador. Isso torna-se evidente entre os anos 1881 e 1887, quando Nietzsche escreveu uma de suas maiores obras compostas por 63 aforismos ordenados em 5 livros. Essa obra recebeu o nome de "A GAIA CIÊNCIA" que teve origem na poesia trovadoresca "A alegre Sabedoria". Nela, esse filósofo de bigode demasiadamente opulento e anti-estético enumerou vários conceitos, um dos mais famosos foi o conceito do "Eterno Retorno". De acordo com esse conceito, o mundo passaria indefinidamente pela alternância da criação e da destruição, da alegria e do sofrimento, ou seja, as coisas na vida são ciclos que estão sempre preenchendo a nossa existência. Por exemplo, é só chegar dezembro que os especiais do Roberto Carlos sempre retornam com o mesmo repertório, mesmos convidados, mesmos... enfim.
Friedrich Nietzsche, foi um dos maiores filósofos do século XIX e, como se não bastasse, teve um dos maiores bigodes do século XIX, mas... espere, eu já falei isso!!! Viram? É o eterno retorno, quando você está chegando no fim, você está apenas começando.

Coisas que não cansam de retornar
-CDs de músicas românticas (é só chegar o dia 12 de junho e as gravadoras lançam várias coletâneas com as mesmas canções grudentas e melequentas de sempre).
-Alguma polêmica envolvendo a Madonna (quando a gente menos espera ela logo aparece fazendo algum escândalo, afinal, ela precisa vender CDs).
-Big Brother Brasil (enquanto existirem pessoas com paciência para ficar assistindo 12 pessoas querendo se aparecer na TV, enquanto existirem revistas masculinas para mostrar o "talento" das participantes, enquanto existir o Pedro Bial, BBB retornará eternamente).
Madonna engravidando de novo (quando menos a gente espera, alguém transa com a Madonna, afinal, ela precisa vender discos).